A linha do tempo na Filosofia Ocidental

A História da Filosofia Ocidental

A primeira idade – compreende a filosofia antiga grecorromana, desde o século VII AC até o século VI DC, quando, em parte, cessa e é absorvida pela filosofia patrística. Esta idade é o tempo de preparação e da primeira formação da filosofia perene.

A segunda idade – abarca a filosofia patrística e dura desde o século I DC até o século VIII DC. Neste tempo a filosofia antiga cai nas mãos dos padres e é corrigida e refinada à luz das verdades da nova religião cristã. É chamada de tempo da correção da filosofia antiga por obra da verdade cristã.

A terceira idade – vai do século VIII DC até meados do século XV. Nesta idade predominou principalmente a filosofia escolástica. As relíquias da filosofia antiga e da filosofia patrística salvas das calamidades e das invasões de outros povos dão origem a nova filosofia e, neste tempo, se produz a constituição sistemática e a plena evolução da filosofia perene e cristã nos escolásticos da Idade Média.

A quarta idade – alcança desde a segunda metade do século XV até nossos tempos onde acontece o abandono da filosofia perene escolástica e a aparição crescente de sistemas novos e cada dia mais audazes que tentam derrubar as principais verdades da religião e filosofia cristã que perene continua com seu vigor e se defende desses novos sistemas. Por esta causa pode-se chamar essa quarta idade do tempo da grande luta entre os princípios da filosofia cristã e a filosofia moderna.

Tags: , , , , , ,

6 Respostas to “A linha do tempo na Filosofia Ocidental”

  1. Darwinista Says:

    Pax,

    Acho que há uma confusão nas datas referentes ao fim da primeira idade ou ao começo da segunda.

  2. Darwinista Says:

    E o que é filosofia patrística?

  3. paxajax Says:

    Darwinista,

    Os dados estão corretos, segundo o livro Historia de la Filosofia, acabei de verificar de novo. O que talvez esteja te incomodando é que há uma sobreposição dos períodos, não termina o primeiro e começa o segundo, mas é assim que o livro coloca.

    Filosofia Patrística é, em resumo, a filosofia dos Padres do Cristianismo. Na verdade foi uma defesa da Igreja que procurou adaptar a Filosofia aos conceitos e dogmas da Igreja, ou do Cristianismo. Note que ela começa no Século I DC.

    Abraços.

    ps.: o blog estava configurado de forma a exigir uma primeira aprovação de um comentário para cada comentarista. Mudei a configuração. Agora está liberado.

  4. Darwinista Says:

    Pax,

    Foi essa sobreposição mesmo que me incomodou. É estranho um período começar quando o outro ainda não se encerrou…

    E valeu pela explicação sobre a filosofia patrística.

    Abraço.

  5. paxajax Says:

    Darwinista,

    Achei um site que explica bem melhor o que é a filosofia patrística.

    http://www.consciencia.org/filosofia_medieval3_patristica.shtml

  6. MISOM.Pr.Pr.Pedro Ventura."Fogo".Hb.1:7. Says:

    ” O HOMEM QUEM ELE É ? “.Gn.2:26.
    OS ARIGOS AQUI APRESENTADOS SÃO CATREDOS, ESPERO QUE SÓ MELHOREM A CADA DIA, POIS ESSA MATÉRIA ´EMUITO BOA, E QUE NÃO HAJA NENHUM SOFISMO NA MESMAS, POIS O QUE PREVALECE É A VERDADE.
    ASS: Pr.PEDRO VENTURA.Pv.1.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: