Platão – dialética – 2a parte

Platão – Dialética – 2ª parte

Conhecida a gênesis da teoria platônica das idéias passamos para a exposição das mesmas idéias em seu duplo aspecto gnosiológico (1) e metafísico

Aspecto gnosiológico: o problema do conhecimento. Platão não duvida, como Kant, da possibilidade do conhecimento certo, que para ele é o conhecimento das idéias. Sua teoria do conhecimento não é, pois, a investigação crítica que pretende averiguar si é possível o conhecimento, senão uma doutrina metafísica-psicológica que explica como este se realiza. Platão trata profundamente deste problema em dois diálogos. No Teeteto expõe o que não é o verdadeiro conhecimento e na República descreve positivamente os graus de conhecimento. A doutrina se completa em Fedro, Convite e Fédon com a função de Eros e a teoria da reminiscência.

(1) gnosiologia: teoria geral do conhecimento humano, voltada para uma reflexão em torno da origem, natureza e limites do ato cognitivo, frequentemente apontando suas distorções e condicionamentos subjetivos, em um ponto de vista tendente ao idealismo, ou sua precisão e veracidade objetivas, em uma perspectiva realista; teoria do conhecimento.
(dicionário Houaiss)

Tags: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: